ÁREA RESTRITA

ESQUECI A SENHA

ARTIGOS


30/11/2017 | Cinco minutos de Filosofia do Direito e a reforma trabalhista
por Marcelo José Ferlin D’Ambroso

Resumo: texto reflexivo-filosófico sobre o processo de criação das normas jurídicas, sua legitimidade, validade e aplicação, voltado para a reforma trabalhista (Lei 13467/17), trabalhando conceitos e perspectivas de Gustav Radbruch, Giorgio Agamben, Boaventura Sousa Santos e o método interpretativo de Ronald Dworkin. Propõe a indagação científica da legitimidade do processo legislativo como ponto de partida para a análise, interpretação e aplicação da norma jurídica, concluindo pela manutenção da integridade sistêmica trabalhista e a supremacia dos direitos sociais como direitos humanos de primeira ordem na Constituição da República a serem observados na aplicação da Lei 13467/17.

Baixe o artigo completo em PDF.



Conteúdo relacionado:

Filosofia do Direito   lei e legitimidade   processo legislativo   estado de exceção   homo sacer   reforma trabalhista   interpretação e aplicação da norma jurídica   interpretação construtiva   integridade sistêmica trabalhista      
Veja todos os Artigos

NEWSLETTER

ARTIGOS

05/03/2018
Manifestações do Estado de exceção contemporâneo: nas pegadas do nazismo.
01/03/2018
Custeio sindical no Brasil depois da extinção da contribuição sindical compulsória
02/12/2017
Poderes Corrompidos - A Inconstitucionalidade da MP 808
VER TODOS OS ARTIGOS